quarta-feira, outubro 25, 2006

Aqui. Ao longe. É a vida a passar por nós e não nós a passear por ela fora: contornando obstáculos, fazendo o nosso caminho - o caminho faz-se sem nos pedir licença. O fim é demasiado evidente e próximo e, para além dele, só uma letargia doente e pedante. Não esperem de nós que possamos alinhar. Preferimos fugir. Para ali. Para longe.

3 Comments:

Blogger Silva disse...

A vida passa a correr, começando pelo dia-dia q é feito a mil á hora!!
Muitas das vezes não aproveitamos as coisas que deveriamos e deixamos fugir! eu estou com essa sensação que não aproveitei bem as coisas boas este ano.
deixamos muitas das vezes as coisas fugirem das nossas mãos.

Beijinhos

1:57 da tarde  
Blogger sherazade disse...

Parece que a depressão do outono parou por aqui... :(
ela que siga por outro caminho!

11:57 da manhã  
Blogger António disse...

Querida S.!
Já tinha dado pela tua falta.
É pena que não possas acompanhar a minha (blogo)novela mas tens, certamente, outras coisas para fazer.
Espero que a vida te esteja a correr bem.

Beijinhos

2:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home