terça-feira, setembro 12, 2006

diana spencer e barbara cartland

foto de Diana Spencer lendo Barbara Cartland daqui
Ficção e realidade. Plebeus e aristocratas. As dicotomias suceder-se-iam, não acabariam. Às vezes tudo se funde numa dimensão para lá do entendimento de um ser humano médio, digamos assim. Quantas vezes desejámos ser os protagonistas das perfeitas histórias de amor, sem vilões nem traições?! E quantas vezes o fomos? Elas foram! E a nossa inveja pode ser essa... ou nenhuma! Porque, no fim, elas eram apenas humanas...

4 Comments:

Blogger Ouvinte disse...

Todos gostariamos de ser protagonistas em contos de fadas, em que as juras de amor eterno se repetem e não são falsas.

MAs nos dias de hoje quem pode contar com isso, ninguém está para viver a vida do outro, ninguém está preocupado em manter as relações.

Felizmente e até hoje eu vivo o meu conto de fadas, e espero continuar assim, apesar das histórias de outras personagens que oiço. Espero sempre que o azar não me bata à porta e que nunca acorde deste conto ... mas nunca sei!

Inveja, não tenho de ninguém ... gosto de viver a minha vida sem ter de olhar para terceiros.

Beijinhos

;)

4:28 da tarde  
Blogger frog disse...

É assim a vida...
Sempre assim há-de ser
Uns têm a sina de a sonhar
Outros, de a sonhar a viver!...


Beijos...

4:35 da tarde  
Blogger António disse...

Minha querida S.!
Apesar da explicação que me deste, tenho imensa dificuldade em interpretar cada um dos vários posts que estive a ver.
Nunca sei quem é que fala!
Desculpa a ignorância do macaco mas francamente acho demasiado hermética e chata esta tua nova versão do Hodiguitria.
Obrigado pelas visitas e comentários.

Beijinhos

6:11 da tarde  
Anonymous nora borges disse...

OLá, vim retribuir a visita. Obrigada pelo comentário lá no Língua de Mariposa. volte sempre, sim?
Um abraço.

9:19 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home