segunda-feira, junho 26, 2006

E depois ele desligou o telefone e eu fiquei vazia. Nunca pensara numa hipótese remota sequer de receber uma herança - era feliz com o pouco que tinha embora sempre tivesse aspirado a ter mais. Agora parece que tinha qualquer coisa. Nem me apercebi bem do que era... ele tinha marcado uma reunião aqui em Lisboa, no seu escritório e eu lá estaria, pontualmente às 10h30 da próxima 6ª feira. Tinha muitas dúvidas, mas uma sobrepunha-se a todas as outras: o que iria vestir naquela ocasião?

5 Comments:

Blogger hl disse...

Tipicamente feminino:) vai receber uma herança mas, está preocupada com a roupa lol ( tou a brincar )
Beijinhos:)

9:50 da tarde  
Blogger António disse...

Querida S.!
Muitas vezes se dá mais importância ao que é acessório do que ao relevante.

Obrigado pela visita.
Não chorei por me considerar velho nem por não ter ido para a folia.
Talvez porque estando um pouco fragilizado emocional e afectivamente, me tornei mais vulnerável...e quebrei!
Acontece!

Beijinhos

1:25 da tarde  
Blogger poca disse...

Lol... às vezes nós mulheres temos dessas coisas (pelo menos de forma assumida... ;P)

de qualuqer forma, quando a vida nos surpreende... às vezes escondemo-nos atrás de futilidades, para não demonstrar o medo maior!

3:27 da tarde  
Blogger Thiago Forrest Gump disse...

Vestir? Hum... vou tentar imaginar. lol

5:39 da tarde  
Blogger pintoribeiro disse...

fiquei curioso com um comentário algures. passei, conheci, gostei. boa noite.

9:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home