sexta-feira, março 24, 2006

Passo apressado e fortemente batido no chão. Um ritmo descompassado. Uma afirmação estúpida de um poder que não existe. Se soubesses como o mundo é! Se tivesses a noção de que nada somos, nada representamos. Chegamos aqui e partimos rapidamente.
A arrogância dos pobres de espírito devia pagar imposto...

2 Comments:

Blogger reflexo disse...

lindo...

6:32 da tarde  
Blogger Ana disse...

Pode parecer cruel mas é verdade! Hoje estamos aqui mas amanha nunca se sabe!

6:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home