quinta-feira, março 09, 2006

Como um ritual. Tira a caixa. Tira o cd da caixa. Coloca-o no leitor e ouve-o. Todos os dias à mesma hora. Ainda não decorou as letras todas, tem medo. São demasiado reais e próximas. Gosta muito. Tem medo.
Depois de ouvir uma vez tira o cd do leitor. Coloca-o na caixa. Coloca a caixa na gaveta e fecha-a. À chave.
Amanhã fará o mesmo. E no dia a seguir. E no outro.
Quando fôr o dia do concerto já saberá as letras, os acordes, tudo na ponta da língua. Quando fôr esse dia gostará ainda mais e já não terá medo.
Jura!

5 Comments:

Blogger PmA disse...

Promessas e juras só têm uma finalidade última: serem quebradas. Devemos guardar o que temos, mas em locais que não carecem de trancas ou fechaduras.
;)

2:43 da tarde  
Blogger António disse...

A interpretação deste não é fácil.
Parece ser a história do fã de um artista que se prepara para ir ao concerto dos seus favoritos.
Mas há mais coisas envolvidas.
Recordações?
Acho que sim.

Obrigado pela visita.
E, se puderes, vai mesmo a Lucerna.
Juro (eh eh) que não te arrependerás.

Beijinhos

3:18 da tarde  
Anonymous hodiguitria disse...

@pma: concordo...quem mais jura mais mente - quase sempre! :)
@antónio: Acho que sim também... ;)

6:03 da tarde  
Blogger poca disse...

eu interpreto como se tivesses uma banda de origianis, no seu início (nem sabes as letras de cor)... está prestes a chegar o dia do concerto (o 1º) e estás nervosa...
se assim for... acreditaaaaa!!!
beijinhos

1:40 da tarde  
Blogger poca disse...

... e obrigada pela visita ao meu cantinho. Gostei do teu...

1:41 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home