terça-feira, setembro 27, 2005

Havia um acordo tácito. Tu existias para que eu escrevesse. Eu escrevia para que tu pudesses ser tu, para que existisse uma desculpa para as tuas loucuras. E vivíamos assim....

1 Comments:

Blogger PmA disse...

Devem as pessoas ser substituídas pelo verbo? Já provei; sinceramente não foi bem a meu gosto...

8:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home